Logotipo da Polícia Militar do Estado de São Paulo

VOCÊ PODE CONFIAR

Secretaria de Estado dos Negócios
da Segurança Pública

Atividades Culturais

Contribuindo ao resgate da juventude com karatê e leitura

Contribuindo para o resgate da juventude com karatê e leitura. Entenda a ação social para crianças e jovens carentes.

O Soldado MOREIRA trabalha no 13° Batalhão de Polícia Militar do Interior, Município de Motuca, e reconhece o quão importante é ter alguém na sociedade que possa mostrar e demonstrar aos jovens os valores que vem sendo desfragmentados ao longo do tempo na sociedade. Por acreditar que é possível fazer a diferença, através de uma incrível ação social que visa disponibilizar a prática de karatê de forma gratuita para crianças e jovens carentes, ele vê no projeto uma forma de resgate da juventude.

Através de um livro com poesias que escreveu, que compõe a antologia chamada Palavra é Arte – Poesias, ele pretende realizar a doação integral de seus direitos autorais para viabilizar o mais rápido possível a construção das estruturas e a aquisição de aparelhamentos (tatame, equipamentos de proteção e afins) para a academia e as práticas do esporte.

O projeto é destinado a todos os interessados em praticar karatê, e as aulas serão ministradas de forma gratuita pelo Sensei José Roberto, que pretende por meio do esporte e sua filosofia evitar o surgimento de certos vícios nocivos à saúde, tais como o uso de drogas. Neste sentido, pode-se dizer que a prática do karatê auxiliará grandemente na educação, formação e desenvolvimento da criança e do adolescente, que é o público-alvo da ação social.

O projeto teve início há mais de 10 anos, e, desde então, o Sensei José Roberto vem recrutando apoio para fazê-lo sair do papel, e toda ajuda tem sido bem-vinda  (através dos e-mails dmmotuca@gmail.com e silvadojo@yahoo.com.br), seja com contribuições de material de construção/acabamento, mão de obra, doações monetárias e até mesmo vendas de camisetas da Associação de Karatê Silva. Um dos prédios destinados à prática do karatê está quase concluído, e o segundo prédio para a realização das refeições, está no início da construção.

O Soldado MOREIRA decidiu contribuir com a total doação dos valores arrecadados de sua obra por conhecer a índole do professor, o qual considera como um segundo pai, por conhecer seu trabalho desde os 10 anos de idade, quando também iniciou a prática do karatê. A atitude ajudará tanto na leitura quanto na prática de esporte para as crianças e jovens carentes, de um modo geral.

Antes mesmo de ser policial, o Soldado MOREIRA sempre gostou de literatura e começou a escrever poesias e contos em meados de 2005, publicando-os em seu site Recanto das Letras, e, não demorou muito, passou a publicar alguns de seus textos no jornal local, o Jornal Cenário, entre os anos de 2007 e 2008.

Por ter consciência de que o esporte o ajudou a ficar longe de muita coisa nociva, ele acredita que, como policial e escritor, conseguirá fazer toda a diferença para os jovens, seja com a prática de karatê ou com a leitura, na cidade de Motuca ou em qualquer lugar do estado de São Paulo em que um jovem puder ser alcançado.

 

#podeconfiarpmesp

COMUNICAÇÃO SOCIAL PMESP

 

Facebook Twitter